Mércia Cordeiro

Psicóloga e Psicoterapeuta

Minha Trajetória

Após uma pequena jornada me dedicando aos estudos e à atuação no curso de Técnico de Enfermagem, me encontrei com a Psicologia numa das disciplinas desse curso, cujos conteúdos faziam muito sentido para mim. Decidi, então, após a finalização desse curso prestar vestibular e em Fevereiro de 2007 ingressei no curso de Psicologia da PUC Minas. 

No decorrer do curso busquei absorver ao máximo o que me era oferecido e transitei bastante pelas diferentes abordagens e formas de se atuar em Psicologia. Realizei estágios supervisionados nos mais diversos tipos de instituições, entre elas escolas, hospitais e empresas, mas o maior número desses estágios aconteceram na clínica da universidade, onde realizava atendimentos em psicoterapia. Também atuei como monitora do Laboratório de Estudo e Pesquisa em Avaliação Psicológica (LEPAP), supervisionado pela Profª. Ana Paula Carvalho Pereira Passos, realizando atividades na organização, na manutenção e no aperfeiçoamento do laboratório de estudo e pesquisa em avaliação psicológica. Nessa ocasião participei da coleta de dados para a pesquisa “Teste de Influência Não-Verbal (INV) de Pierre Weil: parâmetros psicométricos”, de autoria da Professora Wilma Maria Guimarães Lopes. 

 

Nos dois últimos anos do curso, tive a oportunidade de passar por experiências que me marcaram profundamente e que direcionaram de vez a minha escolha para a abordagem psicológica com a qual trabalharia: a Abordagem Centrada na Pessoa (ACP). Nesse período fui monitora de um projeto universitário sob supervisão da querida Profª. Ana Maria Sarmento Seiler Poelman: Assistência Psicológica aos Alunos da PUC, que oferecia atendimentos gratuitos para os alunos e funcionários da universidade. Participei também de vários Grupos de Encontro, modalidade psicoterapêutica que me proporcionou exponencial crescimento pessoal e que me levou a querer utilizá-la também como uma das minhas intervenções durante a minha trajetória profissional. E, finalmente, realizei um estágio extracurricular no Hospital Espírita André Luiz, um hospital psiquiátrico que me proporcionou olhar de outras maneiras para o sofrimento psíquico e a desenvolver formas de intervenção que me possibilitassem auxiliar essas pessoas. 

 

Ao final de 2011 concluí, então meu curso de graduação em Psicologia, sendo juramentista da minha turma: eu queria muito que o início da minha vida profissional fosse marcado por esse ato tão simbólico de comprometimento com a minha profissão. 

 

Iniciei então minha vida profissional bastante empenhada em aprimorar a minha prática clínica. No início de 2012 ingressei no Curso de Formação em Abordagem Centrada na Pessoa, no Centro de Psicologia Humanista (CPH Minas), onde aprofundei meus estudos nessa abordagem buscando estar ainda mais preparada para receber meus primeiros clientes e realizei também o Curso de Introdução à Experiência Elementar. Com o objetivo de ampliar ainda mais o meu olhar e a minha percepção clínicos, iniciei em 2013, também no CPH Minas, a Formação em Psicoterapia Centrada no Corpo e também em Focusing, ambos voltados para uma facilitação da conexão com a experiência interna como condição para o desenvolvimento pessoal. 

 

A busca pelo aperfeiçoamento do meu trabalho não cessou e em Julho/2016 iniciei minha participação no Grupo de Estudos Avançados sobre a obra de Carl Rogers, fundador da Abordagem Centrada na Pessoa conduzido pelo Psicólogo Lucas Albertoni. Em Maio/2018 participei do meu primeiro evento internacional de Psicologia: o XVIII Encontro Iberoamericano da Abordagem Centrada na Pessoa, em Chapala, México, onde conheci profissionais de várias nacionalidades que atuam com a Abordagem Centrada na Pessoa e de onde voltei ainda mais reafirmada com relação ao meu trabalho e às inúmeras possibilidades de realiza-lo. 

 

Neste mesmo ano iniciei o processo de mentoria com o Psicólogo Lucas Albertoni, após sentir uma necessidade ainda maior de aperfeiçoar a forma como ofereço os meus serviços e de cuidar de aspectos importantes da minha vida profissional como o meu mindset, meu posicionamento e a minha maneira de colocar em prática esses aprendizados. 

 

Em Setembro de 2019 participei do meu primeiro evento nacional em Psicologia, o XIII Fórum Brasileiro da Abordagem Centrada na Pessoa, em Porto de Galinhas/PE, experiência gratificante e que me ampliou para novas possibilidades de trabalho e me impulsionou a retomar projetos não colocados em prática até então, como a grupoterapia (psicoterapia em grupo realizada em consultório com dia e horário fixo), o grupo de encontro (psicoterapia em grupo realizada de maneira intensiva durante um final de semana) e os atendimentos realizados via internet. 

 

Em 2020, além de permanecer no processo de mentoria, iniciei uma Pós-Graduação em Psicoterapia Humanista Fenomenológico Existencial com Supervisão Clínica no Centro Universitário UniBH assegurando a continuidade do compromisso com a aprendizagem constante e com a qualidade dos serviços que ofereço. Além dos estudos, os planos são continuar investindo no que for necessário para garantir com que cada pessoa atendida por mim tenha a melhor experiência em termos de um processo de psicoterapia cuidadoso, autêntico e presente!